Buscar
  • Eng. Civil

Emenda de aço.


Emenda mecânica ou por solda.

Essa são as formas que a Norma NBR 6118, permite para se fazer a emenda do aço na obra.

Ø= Diametro do Aço usado, no caso de dois diâmetros diferentes considerar o maior.

Emenda comum.

Essa imagem acima representa o processo de emenda por transpasse segunda a norma ou emenda comum.

Vantagem é o custo e a praticidade de se fazer no canteiro de obra por qualquer armador.

A Desvantagem é que perde-se bastante pedaços de aço e a emenda gera tensões no concreto que pode resultar em pequenas fissuras como ilustrado na figura acima.

Caldeamento

As barras são alinhadas topo a topo em cabeçotes móveis e pela passagem de corrente elétrica. Ocorre o caldeamento (formação de arco), deformando-as, dando origem ao boleto. A emenda é feita sem que haja emprego de qualquer material estranho ao aço a ser emendado.
Sequencia conforme figuras acima:
1 – Colocar as pontas das barras a serem emendadas entre a matriz e o mordente do montante fixo e do montante móvel.

2 – Fixá-las, alinhadas e com as pontas ultrapassando a face interna das matrizes, aproximadamente o diâmetro da barra.

3 – Unir as barras, acionar o equipamento (pedal) e aguardar até que o local da emenda alcance o ponto de caldeamento (aquecimento até aproximadamente 1.100ºc).

4 – Comprimir as barras lentamente, mantendo a temperatura, até que se forme um boleto com o dobro do diâmetro da barra original.

5 – Retirar a barra emendada e deixar esfriar à temperatura ambiente em local seco e protegido.

Aplicações:
  • Alongamento em barras para obtenção de medidas especiais.

  • Eliminação de justaposição ou transpasse, facilitando a colocação da armação e da ferragem.

  • Reaproveitamento das pontas.

  • Uso de 100% das barras, eliminando as perdas.

Otimização:

Em uma obra, a média de sucata formada é de aproximadamente 10%. Por meio do uso da máquina de emenda, esse volume de aço pode ser inteiramente reaproveitado.

Devido à rapidez de realização das emendas, é economicamente viável o aproveitamento de qualquer tamanho de ponta ou bitola. Segundo a NBR 06118: "As emendas com solda podem ser realizadas nas tonalidades das barras em uma seção transversal à peça. Consideram-se como na mesma seção as emendas que de centro a centro estejam afastadas menos de 15 vezes o diâmetro medido na direção do eixo da barra."

Fonte: http://soldatopo.com.br/site/?produtos=maquinas-de-aco-soldatopo

Transpasse

Essa é uma forma não industrial de se fazer a solda, pode ser feito no canteiro de obra mesmo, obedecendo os parâmetros mínimos exigido na Norma conforme figura acima.

Outras formas de emendas.

Pode ser por luvas fixas conforme a figura acima.

Luvas parafusadas, ótima para arranque com espera.

Fazendo rosca na própria barra.

Outras materias: http://roqueac.com/vergalhoes/

#Emendadeaço #Emendasoldada #Soldadeaço #ferrodeconstrução #Caldeamento #trasnpasse

131 visualizações

@2016 Cirilo de Alexandria Almeida Jr | Engenheiro Civil | Fones: (47) 3427-6555 - 9 8839-7099 WhatsApp